Ferramentas de Backup Free – Vembu BDR Free Edition

Olá, pessoal!

Continuando a série sobre ferramentas free para efetuar backup de VMs em ambiente VMware ou Hyper-V, dessa vez quero falar sobre a versão free do Vembu BDR. Eu já escrevi alguns artigos sobre a suíte do Vembu BDR no blog, vocês podem conferir AQUI.

A versão free do Vembu tem muitas funcionalidades que a versão paga contém, porém existe um limitador de até 3 VMs para alguns recursos específicos, como Neard CDP, CBT, Forever Incremental e outras funcionalidades. É possível verificar a comparação entre as versões clicando AQUI. Apesar dessas limitações, se o seu ambiente não for tão grande é uma boa opção, já que ele possui recursos avançados, como recuperação a nível de arquivo e o Quick VM Recovery tanto para ESXi, Hyper-V ou KVM.

A seguir vou demonstrar como ativar a versão free e criar seu primeiro backup. A instalação da versão free é exatamente a mesma da versão paga que você pode conferir nos meus posts sobre o Vembu. Sempre que o produto é instalado ele já vem com a versão FULL em um trial de 30 dias. Durante esses 30 dias você pode usar o produto por completo, mas é importante registrá-lo e convertê-lo para versão free caso você não vá adquiri-lo. O processo é simples.

Para utilizar a versão free ou qualquer versão paga do Vembu primeiro é necessário registrá-lo no Vembu Portal. Para isso, no menu principal, clique em “Management”, “Server Management” e “Server Registration”.

Será necessário criar uma conta no portal da Vembu no endereço https://portal.vembu.com. O processo é um simples cadastro que te dará uma visão das licenças registradas, sejam free ou pagas. Após completar o cadastro, registre o servidor clicando em “Register”.

Dando tudo certo, você verá uma tela como essa abaixo.

Com o servidor registrado no portal, agora sim podemos modificar o Vembu para a versão free. Clicando no ícone do lado direito superior, escolha a opção “Change edition”.

Agora escolha a versão “Free edition” e clique em “Change Edition”.

Você receberá uma notificação informando que você só poderá fazer isso uma única vez através da console.

Pronto, você estará com a versão free registrada e pronto para uso. No portal da Vembu é possível ver a licença ativa.

Agora que temos a versão ativada, irei demonstrar como criar um backup simples do seu ambiente virtual. Lembrando que algumas funcionalidades não estarão disponíveis na versão free. Primeiro vamos adicionar nosso vCenter no Vembu. Clique em “Backup” e “Add VMware vSphere Server”. Preencha com os dados do seu vCenter.

Em “List VMware Server” já veremos nosso vCenter e podemos clicar em “Backup” para criar um novo job.

Ao clicar em “Backup” receberemos a seguinte mensagem.

Essas opções vão definir as funções da versão free durante o backup.

  • Full Featured Version – Escolhendo essa opção teremos todas as opções, como exclusão de discos em VMs, Near CDP, CBT, Forever Incremental, Log trucantion no Exchange e SQL entre outras opções. Entretanto, é limitado a apenas TRÊS VMS EM UM ÚNICO JOB.
  • Limited Featured Version – Escolhendo essa opção você NÃO terá limitação do número VMs para backup, mas não terá as features citadas acima. O que mais fará falta é o CBT (Changed Blocked Tracking) que fará com que todos os seus backups sejam full, sem a possibilidade de criar backups incrementais.

A escolha vai depender do seu ambiente. Para o exemplo a seguir estou utilizando o “Full Featured Version”. Continuando, na próxima tela devemos escolher as VMs que queremos efetuar o backup. Clique em “Next” para prosseguir.

Na próxima tela, se você estiver fazendo backup de um Exchange ou SQL, é necessário selecionar a opção “Application Aware Process”. Você também pode marcar a opção “Truncate the transaction logs”. Para ambas as opções você deve adicionar as credenciais de administrador da VM, já que são ações que devem ser feitas no sistema operacional. No caso do exemplo a seguir eu não preciso de nenhuma dessas opções. Faça as configurações necessárias e clique em “Next”.

Em Schedule podemos definir o agendamento do job como for melhor para o ambiente. Escolha o que melhor se adeque e clique em “Next”.

Em Settings podemos definir a retenção do job em “Retention Policies”, ou seja, quantos recovery points você quer manter em disco.

Em “Storage Repository” você pode escolher em qual repositório irá armazenar os backups. Como essa é uma instalação simples eu mantive o repositório padrão que está utilizando um disco de 300GB. Você também pode habilitar a encriptação dos dados se achar necessário. Clique em “Next” para prosseguir.

Defina um nome para o job e clique em “Save the backup”. Estou marcando a opção “Run this job immediately after saving” para já demonstrar o andamento do backup.

Clicando no ícone em “Status” podemos ver o andamento do job.

Após completar o backup já é possível efetuar restore das VMs clicando em “Recovery” e escolhendo a opção que melhor se adeque ao seu ambiente.

É isso, para maiores detalhes de todas as features da versão free CLIQUE AQUI.

Nos próximos posts da série devo cobrir outras ferramentas, como o Nakivo e Unitends em suas versões free.

Até mais!